}

autora

Prazer. Meu nome é Isadora e eu nasci no ano de 1999. Aos interessados por astrologia: sol em gêmeos, ascendente em câncer e lua em escorpião.

Comecei a blogar em junho de 2011. Atualmente sou estudante de Letras (Língua Portuguesa e Respectivas Literaturas), mas também pretendo cursar História da Arte. Eu diria que sou solitária, mas não dispenso uma boa companhia para meus cigarros. Sou uma pessoinha soturna; minhas bochechas coram com mais frequência do que gostaria e costumo pintar as unhas do pé de vermelho vinho.

Encanto-me por todo tipo de arte e ainda tenho dúvidas, entre tantos que admiro, sobre quais são os meus pintores favoritos. Mas diria, com certezas, que amo o traço do Schiele, as pinceladas de Lautrec, o amarelo do van Gogh e o azul do Yves Klein. Gostaria de ter tido o rosto pintado por Lucian Freud ou de um dia poder transferir-me para a calmaria de uma obra do Hopper. 

Gosto de observar as pessoas em seus cotidianos e de uma boa xícara de chá. Desenho, pinto em acrílica, aquarela e à óleo por hobbie e adoraria um dia aprender a bordar. De vez em quando me arrisco a escrever, assim como meu amado Bukowski, algumas porcarias; vômito e sexo e todas aquelas coisas FEIAS.

O meu ídolo musical é o Elvis Presley e a minha trilha sonora do cotidiano é basicamente protopunk e umas porcarias dos anos 60. Ouço música clássica, bandas de garagem, folk e outras coisas aleatórias que não valem a pena citar. 

Sou apaixonada pelo cinema clássico e também pelo cinema francês. Gostaria de ter participado incontestavelmente da Nouvelle vague; o meu diretor favorito é o Jean-Luc Godard e eu não me importaria de ser a Anna Karina por um dia. Meu filme favorito é um aí do Haneke. A melhor trilogia do mundo é O Poderoso Chefão e às vezes penso que me daria bem sendo mulher de mafioso.

.