} }

14.12.16

(500) dias com ódio

Resultado de imagem para 500 days of summer tumblr

Bem, eu reassisti ao filme (500) dias com ela e posso dizer, com toda convicção, que eu o amo e o odeio. O filme é de 2009 e o começo já deixa bem claro que não se trata de uma história de amor [ x ], mas até aí tudo bem.

O filme é dirigido por Marc Webb e me lembrou o cinema francês; a direção de Woody Allen em Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (1977) e a direção e fotografia de Wes Andreson. A trilha sonora e as referências artísticas são maravilhosas.

S I N O P S E por mim: O filme começa com Summer (Zooey Deschanel) terminando com Tom (Joseph Gordon-Levitt) repentinamente e a história se desenvolve de forma atemporal se baseando no relacionamento deles na visão de Tom durante 500 dias após tê-la conhecido no trabalho, onde escrevia frases para cartões comemorativos de dia dos namorados (Valentine's day).

Resultado de imagem para 500 days of summer store

Summer se mostra desacreditada no amor durante todo o filme e transmite esse sentimento a Tom, que acreditava no amor, após o término inexplicável do relacionamento. Tenho medo de algum dia encontrar uma "Summer" que me faça desacreditar no amor. Não que eu acredite em contos de fadas, mas procuro alguém para correr e brincar de faz de conta em lojas de móveis e decorações.

Talvez um dia eu assista e a entenda, mas, por ora, eu sinceramente não tenho maturidade para compreende-la e não odiá-la. Daí o título da postagem.

Vocês já assistiram (500) dias com ela? Se sim, gostaram e odiaram tanto quanto eu? Se não, assistam! Tem na Netflix. Eu recomendo muito. (★★★★★)

29 comentários:

  1. Olá,Isa! Como você está? Você não acredita,eu estava esperando sua próxima postagem pra mim te pedir indicações de filmes e quando abro aqui,está uma indicação! Você por algum dia já assistiu Donnie Darko? O filme tem um contexto muito bom,e sem contar que eu também não gostaria de encontrar uma "Summer" na minha vida,que me faça perder as esperanças sobre o amor. E eu nunca assisti 500 dias com ela,vou assistir hoje mesmo e na próxima postagem sua eu venho lhe dizer o que achei sobre! Posso te indicar alguns filmes? 6 Years,Lembranças e O Maravilhoso Agora. Você é um amor de pessoa mesmo,obrigado por estar presente na blogsfera e fazer ela ser diferente,trazendo seu carisma e espalhando amor!

    Beijos. | reckless | e Hematomas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luccas. Eu estou muito bem e você, como está? ☺

      Já assisti Donnie Darko. Não é um dos meus gêneros favoritos, mas o filme é muito bom! Dá para tirar umas questões bem legais sobre filosofia com ele. Bem, espero que nunca encontremos uma Summer em nossas vidas!

      Assista (500) dias com ela e me diga o que achou, vou adorar saber a sua opinião, hihi. Valeu pelas indicações, vou colocar na minha listinha de filmes recomendados ♡

      Fico muito feliz com os elogios, muito obrigada mesmo! Você que é um amor de pessoa, hihi. Até mais ❀

      Excluir
  2. Já vi sim o filme, e gostei, o relacionamento deles no começo era super cute, depois ficou estranho como agente vê na maioria dos filmes. O mais bacana que no final é super de boa, não é trágico nem nada que você fique tipo "ham?"
    Achei o filme muuuito legal!
    Beijoooos
    http://onlypoison1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maioria dos filmes românticos, na minha opinião, começa estranho e depois fica cute, com aquele finalzinho clichê que todo mundo gosta.

      Fiquei chateada com quem ele se tornou no final (mais um cara sério de terno que não acredita no amor), mas ainda bem que (ALERTA SPOILER) ele encontrou uma Autumn.

      Beijinhos ❀

      Excluir
  3. Eu assisti ontem, a netflix deu um bom destaque para esse filme, vi muita gente assistindo... Uma guria postou até no twitter que iria assistir e tudo mais.

    O filme é maravilhoso, as imagens são encantadoras e surpreende todo mundo que acha é um simples romance pois na verdade é uma grande decepção amorosa.

    Adorei a sugestão, Isa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vi que colocaram na Netflix e resolvi reassisti-lo e comentar aqui no blog a minha opinião sobre ele, já que ele ganhou todo esse destaque ☺

      (500) dias com ela é realmente maravilhoso, Ana. É um daqueles filmes que eu gostaria muito que fosse um romance... Eu realmente não me conformo como as coisas acabaram no final, mas a vida tem dessas.

      Fico feliz que tenha gostado da sugestão ♡

      Excluir
  4. Acho que já assisti esse filme, mas não me recordo muito bem, então vamos tratar como um filme que não assisti (?).
    Pelos seus comentários e pela galera que comentou ali encima, não é um filme que cumpre os requisitos de um filme clichê, certo?
    Eu vou anotar aqui e talvez eu assista numa madrugada de insônia. Valeu a sugestão.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isa, você tem que assistir novamente! Gostaria muito de saber a sua opinião sobre ele. É um ótimo filme, uma graça, e não é clichê ☺

      De nada (♡), beijinhos!

      Excluir
  5. Isa!!! Acredita que assistir 500 dias com ela anteontem, eu amei de mais o filme, amei a trilha sonora.

    Mas a minha questão é: O filme é feliz ou triste? Tô me perguntando isso até agora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diogo! hehehe. Fico feliz que tenha gostado, esse filme se tornou um dos meus favoritos. Sobre a trilha sonora: AMO/SOU.

      Sim! Também me perguntei se o filme é feliz ou triste e se eu o odiei ou amei. Porém, euzinha, fiquei muito mais triste do que feliz assistindo-o.

      Obrigada pela visita! ☺

      Excluir
  6. Eu acho que é mais foda entender o lado dela por que o filme é baseado na visão dele. Então ela é uma bitch, mas ela tem seus motivos.

    Realmente 500 dias com ela tem esse feeling de amor e ódio. No fim das contas ele tava afinzão, ela não e o diretor disse "lidem com isso", na nossa cara.

    bêjo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabi (♡) Ela tem seus motivos, claro, mas me pareceu um pouco hipócrita quanto aos seus princípios, você não achou isso?

      Eu não a compreendo não porque o filme é baseado na visão dele, mas porque euzinha me identifiquei muito com o Tom. Com o meu namorado foi diferente, ele se identificou muito com a Summer e praticamente a defendeu o filme todo. Ficou team Tom vs team Summer hahaha

      Sobre o diretor: Especialmente você, Jenny Beckman.

      Beijo! ☺

      Excluir
  7. Acredito que, sim, gostei de/odiei "(500) Dias com Ela" tanto quanto você...

    Pior que tenho alguma empatia com a Summer. Digo, ela me parece uma pessoa completamente confusa e inconstante e eu tenho disso também, e, por isso, já fiz algumas coisas bem nada a ver. Mas ela deixou claro que não queria nada sério com o moço, né? Seu erro, na minha opinião, foi tê-lo convidado para seu casamento; não sei se ela tentou ser educada ou quis manter uma amizade com ele, mas me pareceu meio... cruel.

    p.s: as roupas da Summer são maravilhosas.

    p.p.s: na real? Boa parte de nós tem um lado Summer e um lado Tom...

    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Bom saber que alguém amou e odiou o filme assim como eu, Lari ☺

      A Summer é uma graça, de fato. Eu e ela temos muito em comum quanto aos gostos artísticos, hihi. Ela não só deixou bem claro que não queria nada com o moço, como deixou bem claro que não queria nada com ninguém, aí PUFT, aparece com aliança e vira noivinha de alguém.

      PS: Sim, os visuais da Summer são maravilhosos! Ela é linda, aquele cabelinho anos 60 ♡

      PPS: Se parar para pensar... Sim, todos temos um lado Summer e um lado Tom, não há como discordar.

      Beijinhos ❀

      Excluir
  8. Eu assisti ao filme e fiquei do lado da Summer. O tempo todo ela dizia que não acreditava no amor, e eles não tinham um relacionamento sério.
    Ele idealizou todo um negócio que não existia, e ficou com raiva dela por não ter realizado as expectativas dele.
    Eu já fui o Tom e a Summer várias vezes huahuha

    bruna-morgan.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruna. Obrigada pela visita ♡

      Bem, ela dizia que não acreditava no amor, mas no final disse a Tom que ele estava certo quanto ao amor e destino. Talvez ele tenha idealizado um pouco sim, mas as expectativas dele não eram nada estapafúrdias, ele só queria um relacionamento mais consistente, nada demais (mas para ela parecia um absurdo, ?

      Nunca fui Summer, haha, mas confesso que tem um pouco de Summer em mim...

      Até mais ☺

      Excluir
  9. Adorei seu post, primeira pessoas que diz que odeia esse filme e eu compartilho da sua opinião! Eu tenho muita raiva da Summer, ela só iludiu e decepcionou o Tom, que na ao meu ver é o cara mais adorável que uma menina poderia desejar.

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Valéria! Ela sem dúvidas iludiu o Tom. Apesar de ter dito que não queria nada sério, o jeito que ela agia não dava a entender isso. O Tom é um cara gentil, adorável, romântico... Está faltando um pouco de Tom nos caras de hoje.

      Excluir
  10. Minha maior relação de amor e ódio é com Game of Thrones.
    500 dias com ela eu comecei a assistir mas... não sei, me bateu uma descrença tão e tão grande, ouvi falar muito nesse filme, achei que seria um máximo, e achei tão água com açúcar, provavelmente porque não dei chance a ele. E provavelmente não darei.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Game of Thrones é uma série bem intensa, Fer! Não tem como não morrer de ódio e de amores.

      Eu te entendo perfeitamente, tem filme que me falam tanto que as expectativas vão lá em cima e eu acabo me decepcionando bastante. Também não dei chance para alguns filmes bons (Os Oito Odiados, por exemplo) e talvez eu esteja perdendo alguma coisa, mas tanto faz.

      Obrigada pela visita e beijinhos! ♡

      Excluir
    2. Intensa mermo! kkk
      Ah, tem tanto filme que queremos ver, porque assistir os que não queremos?
      Beijos!

      Excluir
  11. Respostas
    1. Hahaha, esse filme é bastante detestável mesmo! Beijos, Lulu ❀

      Excluir
  12. Olá Isadora!
    Esse é o filme que mais odeio neste mundo, eu ainda quero ter coragem de assisti-lo novamente um dia, por enquanto, vou adiando pois eu também odeio a Summer, não consegui entendê-la. Eu também odiava a química que esse dois atores tinham, acho que foi isso que mais me chateou...

    Abraços,
    pile of roses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Como você está? ☺

      Felizmente alguém partilha da mesma opinião que eu, hihi Por enquanto, quero ficar bem longe desse filme! Vai demorar pelo menos uns 500 dias para eu superá-lo.

      Eu acho que a química entre os atores não deu muito certo, mas penso que foi proposital, já que as personagens não eram para dar certo também, hehehe. Individualmente falando, eu acho que eles combinaram muito bem com as personagens.

      Até mais, Bia ✿

      Excluir
  13. Assisti o filme ontem depois de ler seu post. Achei a trilha sonora ótima e adorei vários dos cenários (especialmente o quarto da Summer) e o clima retrô. Não é bem o tipo de filme que eu gosto e a personagem da Zooey me irritou horrores. Tudo bem que o Tom colocou fé de mais no amor, mas poxa, deu pena dele (especialmente por ela ter se CASADO logo depois, pensei que relacionamentos sérios não faziam a vibe dela, af). Enfim, odeio pessoas que iludem outras e achei a Summer linda só por fora mesmo.
    O final me deixou aliviada, confesso. Foi a única parte que não me senti agoniada e que fiquei feliz de ver.

    Não assistiria de novo, mas o filme tem seus pontos positivos sim e me fez refletir.

    Adorei os Van Goghs da barra lateral ♥
    Até mais, Isa :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por ter assistido à minha recomendação, Laura (♡). A trilha sonora é maravilhosa, eu baixei no Spotify e estou ouvindo o tempo todo, hihi. O apartamento da Summer é um amor, todo recheado de arte. Também odeio esse tipo de gente que ilude, qual era a real dela o tempo todo?

      Bem, eu também gostei do final, mas eu preferiria que ele tivesse encontrado a Autumn antes dele ter uma Summer que o fez desacreditar no amor, mas a vida tem dessas, né?

      Que bom que gostou dos van Goghs, hehe. Eles foram apenas um "teste". Eu os tirei para deixar o layout mais clean. Obrigada pela visita e até mais ❀

      Excluir
  14. Engraçado como a minha visão desse filme mudou conforme o tempo, primeiro vez que o vi foi em 2010 e odiei a Summer, posteriormente, mais maduro e resoluto, vi novamente não vejo a Summer como grande vilã. Tom só estava apaixonado por alguém que não existia, que ele havia criado no corpo de Summer.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vitor! Eu espero um dia assistir a esse filme novamente e não odiar a Summer também. Talvez seja isso, talvez Tom tenha criado muitas expectativas de uma Summer que só existia na cabeça dele.

      Beijos e até mais! ☺

      Excluir

✋👍👎👉👄👅💁🙆🙋😭😁😄😊😋😘😍😎😔😪😐😟😨😠😡💔❤️💛🍂🍃🌵🌲🍄🌻🌼🍀🌸🍉🍋🍒🍓🍊🍇🍑🍌🍕☕🎅🎃💩💣🌎🌑🌕🌙⛅