}



H O M E
is(a)mateur

autorasobreblogroll

10/12/2015

Eu sou uma abelha




E estou a procura de um jardim para morar 
onde não haja flores mortas...


09/10/2015

wishlist [ 2 ]

1. Um par de mocassins2. Cortar o cabelo bem curtinho
3. Expansão para The Sims 44. Novas telas ● 5. Revelar fotos

Inspiração para o desenho: x

03/10/2015

GEORGE(A)TTE MAGRITTE

Georgette Magritte foi um quadro pintado em 1934 pelo artista belga surrealista René François Magritte, do qual eu tenho uma admiração muito grande (é um dos meus artistas favoritos e em breve farei uma matéria sobre ele). A mulher da pintura é Georgette Berger, esposa do pintor. Ele a conheceu quando ela era uma menina e tinha 13 anos, enquanto ele tinha 22. Quis fazer uma releitura da obra, visto que eu a acho muito bonita, e o resultado foi uma versão Georgea (com meus traços) da Georgette.

29/09/2015

Dear Wes



Recentemente assisti ao filme Moonrise Kingdom, dirigido por Wes Anderson em 2012. É simplesmente uma graça e tem um diálogo muito inteligente.

A história se passa na década de 60, mais especificamente no ano de 1965 e retrata o relacionamento peculiar das protagonistas Sam e Suzy, duas crianças de 12 anos de idade que resolvem fugir juntas porque estavam insatisfeitas com suas vidas.

A fotografia do filme é linda, toda retrô, e a trilha sonora faz com que tudo fique muito bem combinadinho. Eu sou apaixonada pela direção do Wes; Eu não considero o filme uma trama infantil apesar de toda a sua ingenuidade. Os conflitos não são muito maturos, de fato, mas as personagens são.

O filme, apesar disso, me decepcionou em parte por achá-lo algumas vezes "morno" demais, mas recomendo-o mesmo assim;


15/09/2015

MINI CACTOS

Eu acabei por ganhar, de surpresa da minha mãe, três mini cactos lindinhos que deram mais vida e cor ao meu quarto. Coloquei-os em cima de meu radinho antigo.
Seus nomes são: Fred, Gogh e Frank. (Todos escolhidos pelo meu amigo)

29/08/2015

wishlist [ 1 ]

Faz muito tempo que eu não faço uma wishlist, e eu estou querendo tanta coisa ultimamente... Vou tentar postá-las no blog de 5 em 5, e os desejados dessa vez são:
1. Máquina de escrever ● 2. PULP, de Charles Bukowski ● 3. Mini Cacto ● 4. Moldura para réplica impressa de Demetrius Montenegro ● 5. Sutiã de rendas 
 Inspiração para o desenho: x

16/08/2015

ELVIS NÃO MORREU — THE KING

Fã do Elvis Presley desde que me conheço por gente, hoje venho compartilhar o aperto que sinto no meu coração e falar um pouco sobre esse rei que há exatamente 38 anos atrás (16/08/1977) encheu Graceland (sua residência oficial, onde morou de 1957 até o ano de sua morte e que hoje é considerado um monumento histórico) de flores e homenagens e que desde então tem causado muita saudade a todos aqueles que o admiravam. Elvis não foi o Rei do Rock ou um dos maiores ícones dos anos 60, ele ainda é. Sua voz maravilhosa e o seu legado de mais de 800 músicas gravadas, um bilhão de discos vendidos, mais de 700 shows ao vivo e 31 filmes de sua carreira como ator certamente serão inesquecíveis (assim como o seu rebolado, é claro) — sem falar do número de imitadores do Elvis, que chega a ser de aproximadamente 85.000.
Elvis in a Record Store, Memphis 1957
Sem dúvidas Elvis é o meu cantor favorito e adoro repetir a frase de que "Elvis nunca irá morrer no coração de um fã". Elvis é eterno, Elvis é referência, Elvis é Elvis, sem mais. Minha música favorita dele é If I Can Dream e tenho todos os seus 31 filmes, incontáveis discos, alguns vinis antigos e se duvidar mais de 10 camisetas dele no meu guarda-roupas. Tenho um quadro dele no meu quarto e uma série de outros objetos: chaveiro, almofadas, xícaras, porta-copos e até um telefone que dança quando toca!

Eu acho o seu sanduíche de pasta de amendoim com banana uma delícia e eu pretendo visitar Graceland daqui há alguns anos. Eu também me orgulho de dizer que fui em 2013 ao "Elvis Experience Brasil" em São Paulo para ver uma exposição com mais de 500 artigos pessoais dele e o show "Elvis Presley in Concert", projetado, com todos os integrantes de sua banda ao vivo. Incrível!

O Rei sempre estará em meu coração. ♡
PS: Deu para perceber que as minhas fotos favoritas dele são as espontâneas?

08/04/2015

Um lado não convencional da moda: Tisci para Givenchy

Há muita coisa nos desfiles de moda que dá para aplicar à nossa realidade e que também se possa considerar arte, mesmo quando não são "usáveis". A moda me fascina por ter esse lado que foge da vulgaridade e abrange a contemporaneidade. Aliás, defendo que o que está na passarela não é para ser criticado com base no comum e por isso adoro quando estilista surpreende com diferencial.

Deparei-me com a coleção Givenchy Fall 2015 Ready-to-Wear e cheguei a conclusão de que esse desfile tinha tudo para ser básico se fosse considerado apenas o vestuário — que por sinal, agradou-me muito. Entretanto, Riccardo Tisci, estilista italiano responsável pela coleção, fez uma aposta bastante duvidosa; sendo ela os acessórios e jóias colocados nos rostos das modelos.

Eu achei tal escolha imensamente apelativa e fiquei horrorizada ao ver esse cabelo perfeitinho. O que é isso?! Na minha opinião, o estilista ultrapassou dos limites e as combinações ficaram pesadas e exageradas. Não gostei!

31/03/2015

três últimos filmes que assisti


1. Garota, interrompida (James Mangold, 1999)

Baseado em fatos reais, esse filme retrata a história de Susanna Kaysen, uma garota da década de 60, aparentemente normal, que vai parar em um hospital psiquiátrico. E se é permitido que eu compare, achei o filme quase uma versão feminina de Um Estranho no Ninho (que por sinal, é um de meus filmes favoritos). Os conflitos me atingiram de forma tal que me senti uma personagem da história. Recomendo àqueles que tem mente aberta e uma visão positiva da "insanidade".


2. Kill Bill: Vol. 2 (direção de Quentin Tarantino, 2003/2004)

Eu já havia começado esse filme há muito tempo, mas não havia visto o final e por isso, tive que reassisti-lo, o que fez com que ele ganhasse um espacinho nessa postagem. O enredo retrata a vingança de Beatrix, que quer acabar com todos aqueles que fizeram do ensaio do seu casamento um massacre. Devo confessar que a cultura japonesa não me agrada nem um pouco, então sempre tive aquela visão de que me arrependeria ao clicar o play, mas Tarantino me convenceu com esse clássico. Não é o melhor do diretor, mas é sem dúvidas, um excelente filme.


3. Juno (direção de Jason Reitman, 2007)

Juno é uma garota de 16 anos que engravida de seu colega e procura pais adotivos para seu filho, para não ter que recorrer ao aborto. Esse filme retrata de forma cômica a gravidez na adolescência e  o mesmo venceu o Oscar de Melhor Roteiro Original em 2008. Eu até concordo com a premiação, mas o problema é que ele é aquele filme típico americano que dependendo do meu humor, me enoja um pouco. Achei o filme meio morno, mas ele passa uma lição legal.

10/03/2015

carros antigos

Encontrei uma postagem minha falando sobre carros em um arquivo antigo, e por que não postar sobre isso? Eu queria deixar bem claro que não tenho conhecimento nenhum sobre automóveis e tampouco me interesso pelos mesmos, mas quando se trata dessas relíquias é outra história! (Aliás, agradeço a minha vó por ter me ajudado com essa seleção). Eu vejo muito essas belezuras em filmes de época que assisto e fico maravilhada. Devo confessar que os designs super modernos que as pessoas idolatram nas publicidades de hoje não me agradam tanto quanto esses amorezinhos. Não que eu surte quando vejo um Opala ou uma Brasília (hahaha), mas eu quero muito dirigir um modelo retrô, se possível, quando eu tirar a minha carteira.

Ford Taunus - 1952
Ford Consul - 1963
Peugeot 403 - 1958
Opel Olympia Rekord P1 - 1960
E sem dúvidas nessa seleção não poderia faltar o Cadillac cor-de-rosa (1955)
para representar o meu ídolo Elvis Presley!

08/03/2015

Coleção Maison Margiela OUTONO 2015

Eu estava dando uma olhada em algumas coleções das passarelas de 2015 e deparei-me com a brilhante, assustadora e criativa coleção feita pelo estilista John Galliano para Maison Margiela Fall 2015 Ready-to-Wear. Fiquei encantada com alguns conjuntos e resolvi compartilhar com vocês os meus oito favoritos. O que eu mais gostei foi o fato das peças misturarem moderno, clichê e estampas e isso não ter afetado a harmonia das combinações — a escolha das cores também foi um fator para que isso acontecesse. A maquiagem das modelos variaram de colorida em neon com toque artístico ao preto e básico "olhar puxado". Eu não mudaria nada!

06/03/2015

500 anos da mulher na arte

O Dia Internacional da Mulher (MARÇO, 8) aproxima-se e portanto, eu trouxe um vídeo incrível que retrata 500 anos da mulher na arte, feito por Philip Scott Johnson. O que mais me fascina historicamente é que a mulher sempre teve o seu espaço conquistado na arte, apesar de ter conquistado o seu espaço na sociedade apenas no século XX. Esse vídeo ganhou o prêmio YouTube Awards de Vídeo mais criativo em 2007 e é simplesmente genial. Por mais que eu tenha assistido mais de cinco vezes, confesso que me arrepiei em todas elas. MULHER NÃO É RASCUNHO, É OBRA-PRIMA.

04/03/2015

Sexo é poesia, é arte

O Google iria proibir, nesse mês (MARÇO, DIA 23) todo conteúdo sexualmente explícito na plataforma do blogger — como muitos ficaram sabendo. E hoje, li que a politica nova não será aplicada. Fui um desses que reclamaram sobre a proibição e rigorosidade que imporiam sobre nós, blogueiros. Acredito eu que o limite da liberdade de expressão seja quando tal conteúdo ou opinião fira alguém, algo, alguma lei ou alguém de forma direta (o que não acontecia com o caso do conteúdo adulto). Cheguei a pensar que essa proibição seria quase um fascismo do Google para com aqueles que usam a plataforma. O importante é que houve uma oposição quanto a nova política, fazendo com que não aplicassem as novas medidas e normas. Eu estou feliz com o ocorrido frente a isso, e que a blogosfera continua livre!

25/02/2015

Vincent: não apenas um curta-metragem

Confesso que quando assisti, tive a certeza de que não encontraria outro curta melhor, dando a este a colocação de curta-metragem favorito. Feito em 1982, por Tim Burton, em forma de poema e em preto e branco, ele me conquistou desde o primeiro minuto — mesmo possuindo somente 5 minutos. O filme retrata a história de Vincent Malloy, um garoto que queria ser como Vincent Price (um grande ator que teve o primórdio de sua carreira em 1939); Denominado Mestre do Macabro, Vincent Price não só foi citado no curta, como também foi quem o narrou. Um dos pontos do qual mais gostei foram as citações de Edgar Allan Poe, sendo duas delas de O gato preto e de O corvo — histórias importantíssimas para a literatura. Identifiquei-me muito com Vincent, por mais triste que a sua trajetória possa ter sido. 

APERTE O PLAY, VALERÁ A PENA.

09/02/2015

Comer não é muito Chanel

Acessei um blog no qual dizia as medidas para um CORPO IDEAL. Busto, cintura, quadril... E você tem que acreditar que o IMC do corpo ideal era de 17! Ou seja, abaixo do peso NORMAL. O mais revoltante é que na postagem não dizia "medidas para um corpo magro" ou "medidas para um corpo de modelo". Dizia exatamente "medidas para um CORPO IDEAL". Quer dizer que a gorda (não é gordinha, cheinha, fofinha, inha, inha inha, é gorda mesmo. G-O-R-D-A) não tem o corpo ideal só porque ela não tem aquelas medidas? E se ela se sente bem com seu corpo? Isso é o que importa.
Eu queria saber exatamente o que significa esse tal "ideal" a que essa pessoa se referiu. Ideal para quem, afinal? Para uma capa de revista? Para uma passarela? Ninguém deve decidir o corpo de ninguém. O corpo ideal deve ser aquele em que você se sente bem, seja pesando 90kg ou 41kg! — Mas sem a interferência de alguém ou algum blog ridículo dizendo quais devem ser as suas medidas.

01/02/2015

Estudo de cores

Eu tenho a aquarela em tubos da Pentel 12 cores e resolvi comprar uma paleta por ser mais prática. Acabei descobrindo que gosto mais dos tubinhos por serem mais fáceis de misturar. Mas apesar de ser mais dificil de lidar com a paleta, o único ponto negativo que encontrei nela é que não possui o pretoResolvi fazer um estudo de cores utilizando a paleta de aquarela Winsor & Newton para analisar e explorar as diferentes misturas que as cores são capazes de formar. É interessante não se limitar somente as cores que já vem. No caso, formei 55 cores diferentes não utilizando o branco.

    25/01/2015

    marilyn lemonroe

    Fiz essa colagem da Marilyn Monroe e também outras de atrizes dos anos 60 das quais eu gosto. A da Marilyn foi a minha favorita e por isso usei-a de inspiração para uma aquarela. Lembrando que foi apenas uma inspiração, e não uma imitação. Nomeei-as de Marilyn Lemonroe (entenda o trocadilho, haha).