} }

25.12.14

GOLD GODS

Fiz essa mistura de estátuas gregas com ouro, pois acho isso muito LUXO$$$$$$$ — Hahaha. Mas essas colagens são só para me divertir. Já que estou de férias e não tenho muito o que fazer, eu decidi me ocupar um pouco com esse novo hobbie.

22.12.14

Favoritos da Chanel Resort 2015

Estava conferindo algumas coleções de 2015 e me apaixonei por essa da Chanel. A coleção tem um pique bem artístico. E as peças com uma variedade bem ampla: tanto conjuntinhos retrôs (como o da primeira e quarta imagem) quanto outras peças mais modernas e coloridas. Para conferir a coleção inteira é só clicar no link abaixo.

As modelos: 1. Ana Ewers/ 2. Mijo Mihaljcic/ 3. Ondria Hardin
 4. Sasha Luss/ 5. Ola Rudnicka/ 6. Saskia de Brauw

20.12.14

Os beijos

Ando muito inspirada quando se trata do amor. É clichê, mas a flecha do cupido finalmente acertou o meu coração (ha-ha). Toda essa inspiração me rendeu duas colagens amadoras com a junção de duas obras incríveis do mundo da arte.

Uma delas é o filme "O Beijo", de 1896, este com duração de um pouco mais de 30 segundos e que causou muita polêmica por ser o primeiro filme a retratar uma intimidade que só poderia, na época, ocorrer em lugares fechados.

A segunda obra, também chamada "O Beijo" é uma pintura famosa, que se tornou um ícone, feita por Gustav Klimt em 1908.

29.9.14

A moda e o futurismo dos anos 60

Os anos 60 tem essa colisão do mundo da moda e espaço e, ainda hoje, é um dos temas mais memoráveis da época. A edição do 20º aniversário da Harper's Bazaar foi dedicada a retratar esse momento "futurista". As fotografias foram tiradas por Richard Avedon, no ano de 1965, trazendo Jean Shrimpton como protagonista — que foi considerada a primeira supermodelo do mundo.

26.9.14

De última hora - André de Miranda (série Cabeças)

"Vamos à farmácia" foi o que minha mãe disse antes da gente sair de casa. Acabamos passando no Sesc Arsenal, aqui em Cuiabá, e lá tinha uma exposição de xilogravuras do artista André de Miranda, carioca nascido em 1957. A exposição era a trajetória de 35 anos de gravura do artista. Eu gostei tanto que resolvi compartilhar a minha série favorita (Cabeças), já que não deu tempo de fotografar muita coisa e eu estava apenas com o celular. Ele tem muita obra inspiradora, mas essas, na minha opinião, foram as mais intrigantes e interessantes. Ambas são de 2002.


1. Entre Flores e Espinhos;  2. O Idiota; 3. O Louco; 4. A Outra Face

25.9.14

A ideia x como ficou

Não é para ser igual, é uma ideia e não uma imitação.

22.9.14

SCOTT CAMPBELL E OS CLÁSSICOS DO CINEMA

Gostei muito do trabalho de Scott Campbell. Ele fez um projeto e o nomeou Great Showdowns, do qual ele reúne personagens ou cenas de filmes marcantes e retrata em traços simples e adoráveis. Fiquei um bom tempo tentando adivinhar os filmes dos quais ele retratou. Selecionei alguns dos meus filmes favoritos... Será que você consegue adivinhar todos? Confira o site do artista (aqui)

1. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, de Jean-Pierre Jeunet.
2. Laranja Mecânica, de Stanley Kubrick.
3, 4. Pulp Fiction, de Quentin Tarantino.
5. O Iluminado, de Stanley Kubrick.
6. Psicose, de Alfred Hitchcock.
7. Grease, de Randal Kleiser.
8. Curtindo a Vida Adoidado, de John Hughes.
9. Cães de Aluguel, de Quentin Tarantino.
10. O Labirinto do Fauno, de Guillermo del Toro.

3.9.14

FOURCHU

Fourchu (link) é o nome de um tumblr que sigo há algum tempo. Eu acho suas fotos muito inspiradoras. A dona dele é toda metida a francesa () e simplesmente adorável. Eu diria que ela é a Amélie Poulain da vida real. Seu nome é Ivy. Nunca diz sua idade, mas sempre responde à perguntas pessoais em seu tumblr. É um modo de saber um pouco mais sobre ela. Mora no Texas e pretende se casar com o "J.", que sempre tem participações especiais em suas fotos. Ela tem um canal no Youtube (@musicivyrose) onde faz covers de músicas que gosta. E ela é boa nisso! Vale a pena conferir.



1.9.14

Minha estante: Gravuras de M.C. Escher

Eu tenho uma série de livros interessantes em minha estante, e hoje venho compartilhar um livro de gravuras de Maurits Cornelis Escher, da editora Taschen. A minha mãe comprou o livro quando foi em uma exposição (O Mundo Mágico de Escher) do Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo há uns anos atrás. Escher é um artista holandês muito conhecido desde o século XX até os tempos atuais por suas xilogravuras e litografias. Você provavelmente já deve ter visto algumas de suas gravuras por aí. Elas representam ilusões de ótica simples, como construções impossíveis, visões infinitas, planos regulares, padrões geométricos, entre outos. Eu gosto muito do trabalho do artista, é tão fascinante que não consigo ficar menos de dois ou três minutos olhando cada desenho sem enlouquecer.

31.8.14

Louis Vuitton Ready-to-Wear 2013

A coleção Spring Summer de Louis Vuitton, da Paris fashion week de 2013 é sem dúvidas uma das minhas favoritas. O desfile foi breve, tendo a duração de apenas seis minutos. Ele traz estampas quadriculadas grandes e cortes inspirados nos anos 60. Tão retrô e tão moderno ao mesmo tempo... Confira algumas fotos abaixo.


Almond Blossoms, Van Gogh

Almond Blossoms (Flores de Amendoeira, em português) é uma pintura feita por van Gogh (♡), concluída em 1890 quando ele estava no sul da França, pois a esposa de seu irmão havia acabado de ganhar um filho e, por sua vez, este recebeu o nome Vincent em homenagem a ele. A pintura retrata o florescimento das amendoeiras e é de fato muito especial para van Gogh, já que ele encontrou alegria em pintar árvores floridas. Elas significavam esperança e vida. Para mim também é muito especial — por ser uma das minhas obras favorita do artista e por não me deprimir tais como as outras pintadas em suas fases de transtornos e melancolia.